Saiba como gerenciar os processos internos de uma empresa de TI

É preciso alcançar resultados com investimentos cada vez mais reduzidos, em uma busca frenética pela maximização da relação entre custo e benefício. Para isso, é preciso saber como gerenciar os processos internos de uma empresa de TI.

A atividade de gestão de empresas, independentemente de seu porte ou segmento, envolve uma série de desafios, por vezes, difíceis de superar.

As empresas de tecnologia, por seu lado, apresentam exigências ainda maiores que a média geral. Por estarem inseridas em um mercado extremamente competitivo, os gestores desse ramo praticamente não dispõem de margem para erros, de modo que precisam ser pontuais e precisos nas decisões estratégicas que tomam.

Nesse contexto, otimizar os processos internos de uma empresa de TI é uma ação que se mostra altamente indicada, como forma de alcançar os objetivos ao mesmo tempo em que se reduz os custos operacionais da companhia. Neste post, vamos apresentar algumas dicas que podem ajudá-lo nesse desafio. Boa leitura!

Definição e mapeamento de processos

Quando se pretende gerenciar efetivamente os processos de uma empresa, é natural que o primeiro passo seja conhecer em detalhes cada um deles, de modo a identificar oportunidades de melhoria e avaliar seu desempenho.

Nesse sentido, o gestor pode empregar métodos como o BPM — Business Process Management, ou gerenciamento de processos de negócio — que oferece ferramentas que permitem mapear, sistematizar e tornar mais eficientes os processos internos de uma organização.

Quando seguido à risca, o BPM proporciona uma visão ampla do negócio, potencializando a otimização dos procedimentos internos e aumentando, dessa maneira, a produtividade da organização.

Uso de metodologias de gerenciamento é essencial para gerir processos internos de uma empresa de TI

A otimização de processos em uma empresa de TI não é uma busca exatamente nova. Por isso, a aplicação de metodologias já validadas em corporações do mundo inteiro é uma dica que deve ser levada em conta.

Especificamente criado para auxiliar na gestão de serviços de TI, o framework ITIL (Information Technology Infrastructure Library) é um conjunto de melhores práticas para o setor, com o principal objetivo de obter excelência na realização das atividades.

De forma análoga, o COBIT (Control Objectives for Information and related Technology) oferece um conjunto de processos e pontos de controle direcionados a melhorar aspectos relacionados com administração de dados, segurança da informação e resolução de questões específicas da área.

Automação de processos

Existem processos internos de uma empresa de TI que podem, de forma simples e sem traumas, passar para a automação. Com essa medida, é possível eliminar a ocorrência de erros por falha humana ou negligência.

Ao mesmo tempo, os colaboradores responsáveis pelas atividades que foram automatizadas podem ser deslocados para outras tarefas que exijam discernimento e capacidade intelectual para sua realização.

Outsourcing

Outra medida que permite o melhor aproveitamento do capital humano e, por consequência, a gestão otimizada dos processos internos, diz respeito à terceirização de atividades não voltadas ao objetivo principal da organização.

Assim, tarefas como gerenciamento fiscal e contábil, por exemplo, podem ser destinadas a terceirizadas especializadas nesses campos, desonerando a empresa de TI de tarefas que não condizem com seu expertise original.

Aproveite e descubra como reduzir os custos de uma empresa de TI.

Gostou do texto? Tem dúvidas ou experiências para compartilhar a respeito da otimização dos processos internos de uma empresa de TI? Entre em contato com a Confirma! Somos uma empresa especializada na contabilidade para empresas de TI!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *