Como o fluxo de caixa é importante para sua empresa?

Organizar o fluxo de caixa de uma empresa não é tarefa simples. São diversos registros de entrada e saída e quem precisa cuidar disso geralmente acumula funções em pequenos negócios.

Na verdade, muitas empresas sequer calculam o fluxo de caixa e outras informações financeiras. Portanto, se você ainda não sabe o que é e nem como organizar o fluxo de caixa, este texto vai mostrar a importância dele para seu negócio.

O fluxo de caixa está diretamente ligado à contabilidade da empresa, e, por isso, pode parecer um bicho de sete cabeças. Mas não existe nenhum segredo para calculá-lo.

Existem diversos sistemas que fazem isso automaticamente e que já te dão os resultados. Assim, resta analisar e planejar os passos seguintes da empresa.

O que é fluxo de caixa?

O fluxo de caixa é uma forma de controle da movimentação financeira em certo período de tempo. Ele existe a partir de todos os registros de receitas e despesas da empresa. Assim, os dados obtidos são usados como base nas tomadas de decisões.

Basicamente, ele é a anotação de toda entrada e saída de dinheiro do caixa de uma empresa.

Para que o fluxo de caixa funcione, ele precisa ser atualizado constantemente. Assim, quando houver uma quantidade suficiente de registros (diários, semanais e mensais), ele se torna uma poderosa ferramenta de gestão financeira que pode te ajudar a reduzir custos.

Com um fluxo de caixa bem feito, você possui uma visão mais precisa e realista da saúde financeira da empresa. Assim, é possível traçar ações para recuperar ou impulsionar os resultados.

Em muitas ocasiões, essa ferramenta pode abrir os olhos dos empreendedores. Por exemplo, ao mostrar que uma semana ou mês com muita receita teve, ao mesmo tempo, mais despesas do que o normal.

Agora que você entende a importância de ter essas informações, vamos falar da forma como elas são aproveitadas. Como já mencionamos acima, a principal vantagem do fluxo de caixa é auxiliar nas tomadas de decisões. Mas como isso funciona na prática?

Quais as vantagens de usar o fluxo de caixa?

Pense que, agora, você sabe exatamente tudo o que sua empresa gasta. De matéria-prima e contas fixas até o café servido para os clientes. Tudo isso pesa no fim do dia, do mês e do ano.

Ao mesmo tempo, você saberá tudo sobre o dinheiro que entra: os dias e meses de maior venda, o tempo que você fica com o dinheiro no caixa e qual o saldo semanal, mensal e anual. Isso é material de sobra para pensar em como sua empresa gerencia o dinheiro.

É possível saber, por exemplo, a quantia mínima necessária que a empresa precisa ter em caixa para operar sem preocupações. É o chamado capital de giro, que também é essencial para o negócio.

Você também pode usar o fluxo de caixa para projeção, ou seja, planejar ações futuras com base em resultados concretos. Por que no mês X o lucro foi maior do que no mês Y? Por que em tal dia da semana o movimento é pior?

A partir disso, essa abordagem possui diversos benefícios: organizar os pagamentos e recebimentos, definir ajustes para recuperar momentos negativos e projetar investimentos e expansão em situações positivas.

Com essa visão, é possível identificar diversos problemas financeiros – por exemplo, um prazo desfavorável entre receber de clientes e pagar fornecedores. Então, um gestor irá definir as estratégias a partir disso e reorganizar esse prazo.

É possível concluir se uma promoção obteve bons resultados e replicar o modelo. Muita coisa pode ser feita quando as informações do fluxo de caixa são atualizadas constantemente.

Se existe algum período da semana, mês ou ano que a empresa possui resultados ruins, é possível preparar-se para isso também.

No começo do ano, por exemplo, você precisa pagar o imposto de renda, que é um gasto adicional sempre previsto pelo fluxo de caixa.

Assim, você evita perder mais dinheiro em períodos de crise e consegue impulsionar os lucros nos meses de maior movimento.

Contabilidade digital

Você pode registrar os dados para utilizar o fluxo de caixa manualmente, em planilhas no computador ou no papel, e analisar os resultados depois. Ou utilizar um sistema de gestão contábil e automatizar a tarefa.

Mais do que facilitar a maneira de registrar as informações, um sistema de gestão contábil pode te fornecer dados visualmente simples. Assim, você consegue tomar decisões mais rápidas e eficientes para a empresa.

Um ótimo exemplo é o EasyCont, que, além de facilitar o processo de gestão do fluxo de caixa, gera uma variedade de indicadores. São índices de liquidez, lucratividade, solvência e retorno de investimentos disponíveis automaticamente.

Mais do que oferecer informações contábeis, trabalhistas e tributárias, a gestão empresarial é feita de forma clara, eficiente e assertiva neste sistema.

Essa é a melhor maneira de aproveitar as vantagens do fluxo de caixa. Tudo porque é automatizado e nele é visualmente fácil compreender as análises.

Quer saber mais sobre como o EasyCont pode ajudar sua empresa a crescer? Clique aqui!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn